Área do Cliente

Formatação de Projetos de Franquia

É cada vez maior o número de empresas que veem o modelo de franquia como opção de crescimento e esse é um dos motivos para o crescimento do setor no Brasil. A tendência de crescer e se expandir é a marca de empreendimentos bem-sucedidos. Até por sua inquietude característica, o empreendedor que vê traduzido no caixa o sucesso de um negócio bem modelado e administrado, sente que chegou a hora de ampliar seus horizontes.

No caminho rumo à expansão, adotar o modelo de franquia como opção de crescimentoconvidando outros empreendedores para conduzirem cópias fiéis da ideia original, pode representar uma das melhores opções para a empresa.

Muitas vezes, o custo de abertura de uma nova unidade própria é maior do que o valor a ser investido na estruturação necessária para tornar o negócio franqueável. Por isso, a opção de transformar uma empresa em franquia, vem sendo a opção de diversos empreendedores.

Inicialmente, é feito uma análise da atual situação e do modelo de expansão do negócio.

1.    Análise da Franqueabilidade do Negócio

A avaliação de diversas áreas da empresa, como a própria gestão financeira, estruturação da empresa, aspectos jurídicos, capacidade de transmissão de know-how, seus diferenciais competitivos e concorrentes, permitirá conferir se as características da empresa viabilizam o sistema de franchising. Caso forem destacados pontos a serem melhorados, far-se-á um estudo de alterações necessárias para possibilitar a expansão da empresa.

2.    Formatação de Projetos de Franquia

Verificado o potencial de replicação do negócio será iniciado o Projeto de Franquia.

“Um Modelo de Negócio descreve a lógica de criação, entrega e captura de valor por parte de uma organização” – Alexandre Osterwalder.

É apresentado o atual momento da empresa e o modelo que se deseja expandir. Contém a proposta de valor da empresa, para quem ela se direciona, produtos e serviços ofertados, sua estrutura, modo de operação, principais recursos e custos envolvidos na operação do negócio.

Os manuais servem como guia para a rede de franquia, estes devem conter todas as informações a respeito dos produtos e serviços prestados diretamente ao cliente, da operação e gestão da empresa.

A primeira apresentação da marca da franquia para possíveis franqueados é feita por meio de um material digital personalizado. Contém informações como os produtos e serviços prestados, mercado de atuação, modelo da franquia, dados financeiros e diferenciais da empresa tanto para o mercado quanto para os franqueados.

A disponibilização de treinamentos aos gestores e colaboradores da loja franqueada permite que o conhecimento seja repassado com clareza e objetividade. Serão definidos os conteúdos, duração, custos e metodologias.

Para o processo de seleção dos franqueados, questionários de pré-análise de perfil do candidato e do possível ponto de implantação da franquia auxiliarão o franqueador na escolha do perfil ideal para operar o negócio.

Os instrumentos legais necessários à formalização dos entendimentos entre a empresa e seus futuros parceiros garantem segurança jurídica para ambas as partes e confiabilidade do negócio. São estes: a Circular de Oferta de Franquia, o Pré-Contrato e o Contrato de Franquia.

Sugestão de estratégias de expansão e canais geradores de candidatos, como apresentar o negócio e quais etapas legais deverão fazer parte da negociação.

Clique aqui e entre em contato conosco para solicitar uma visita.